Mini cercas: use-os para melhorar a técnica.

Muitos dos meus atletas estão presos na sua evolução quando se trata de melhorar a técnica da carreira. Com o uso de cercas de diferentes alturas, conseguimos que a coordenação e a amplitude dos movimentos sejam de cumprimento obrigatório. É o que deve enfrentar um elemento “hostil” que nos obriga a elevar os joelhos e a ter movimentos mais reativos.

No primeiro exercício, partimos com a menor altura (20 cms) para obter confiança. As cercas impõem respeito. Procuramos avançar quadris altos, altura e amplitude em movimentos. Os braços são o que nos dá equilíbrio e impulso em nossos movimentos.

Neste segundo exercício elevamos a altura para 60 centímetros. O apoio do antebraço é essencial e, claro, a altura do quadril.

No terceiro exercício, propomos que a amplitude do passo seja trabalhada. É importante ir alto os quadris para que, apesar de exagerar o lançamento da perna de ataque, atingimos o antepé e não pulamos. As cercas devem ser passadas e não ignoradas

Neste exercício passamos as cercas lateralmente. É importante o uso adequado dos braços que, como você pode ver, são alternados aos pés. Levantamos o joelho esquerdo e o braço direito.

Também podemos aproveitar os obstáculos para fazer exercícios multi-altos: primeiro do triplo, segundo do triplo, salte para a perna coxa, salte com os pés juntos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *